Surpresa em Salzburg – Hangar 7

Originalmente postado em 05/09/2009 no:

Surpresa em Salzburg – Hangar 7

Esta inusitada – para mim completamente inesperada! – atração é da “parte nova” de Salzburg (pessoal, estou pulando as dicas de Roma, que estão quase prontas, para mandar alguns posts em “real time” aqui da Áustria… mas não se preocupem, que tenho dicas bem legais da Cittá Eterna), se distanciando do padrão cultura-música clássica-Mozart já bastante conhecido (e de que trataremos depois).
Poucos sabem que o dono da marca de bebidas energéticas Red Bull mora aqui em Salzburg e que adora aviões (e tudo mais de radical, mas aviões é uma paixão pessoal), tanto que tem sua própria coleção de aeronaves. E para abrigar seus “mimos” construiu dois hangares, um para manutenção, o Hangar 8, e outro, o Hangar 7, que é um misto de museu aéreo e galeria de arte, com bares e um restaurante, na área do aeroporto de Salzburg, W. A. Mozart.
A estrutura é impressionante, toda de metal e vidro, supermoderna e de ótimo bom gosto, projetada por um arquiteto austríaco, o mesmo que está projetando a nova sede corporativa da Red Bull, nos subúrbios aqui de Salzburg. O Hangar 7 tem no piso térreo a área de exposição de aeronaves, que é rodeada por uma galeria de arte (HangART-7). No alto tem um bar, suspenso bem no topo da estrutura, com piso de vidro, chamado Threesixty (360), mas também conhecido por Sky Bar pelo pessoal daqui, aberto ao público todas as noites.
Na galeria de arte contemporânea HangART-7 as peças ficam suspensas em grande painéis que lembram asas de aviões – três vezes ao ano toda a exposição muda, com a proposta de ser uma plataforma inovadora para artistas “emergentes” de algum país ou cidade do mundo – atualmente são oito italianos.
Outro bar, Carpe Diem Louge Café no térreo, é mais tradicional e serve todos os produtos da marca (além do energético que temos no Brasil, eles têm aqui uma bebida chamada Simply Cola – a versão deles da Coca Cola -, três com sabores exóticos e um tipo de água gasosa também com sabor), além de cafés, drinques e petiscos (finger food).
Já o bar Mayday, no primeiro piso, além da vista privilegiada, é todo high-tech, com garçons e aviões virtuais animados que interagem com os copos e itens colocados sobre o bar. Conta também com um Cigar Louge com confortáveis poltronas de couro, além de uma decoração caprichada para os fumantes.
O restaurante Ikarus tem uma programação com chefs convidados que vêm ao Hangar 7, preparam um menu especial, ensinam a preparação para o chef executivo local e sua equipe e depois vão embora. Durante todo o mês este ménu é servido e no mês seguinte chega um novo chef com outras receitas. Em novembro todos os chefs do ano retornam para um evento especial (para um público seleto, com arrecadação de fundos para causas sociais) num jantar de 13 pratos! O brasileiro Alex Atala participou da seleção de 2006 e a lista de 2010 está sendo guardada a sete chaves!
E, como os aviões participam de shows aéreos por todo o mundo (já passaram pelo Rio de Janeiro) e também passam por manutenções – todos estão em condições de voo, mesmo aqueles das décadas de 1930 e 1940, restaurados e, em alguns casos, reconstruídos – todo o local está sempre em constante mudança. Os aviões mudam, o menu do restaurante e a HangArt também. Faz parte da filosofia da marca de “ser a energia por trás da mudança”. E o público pode voltar várias vezes e ver sempre coisas novas.
Os bares e o restaurante são abertos ao público geral mas, para o restaurante – noites e finais de semana principalmente – é necessário enfrentar uma fila de reserva entre quatro e seis semanas. O local não recebe grupos turísticos, privilegiando os visitantes individuais e famílias e é muito frequentado por viajantes com algum tempo livre antes de seus voos no aeroporto, que é muito pró0ximo. E, é claro, pelo público descolado de Salzburg!
Alias, se quiser chegar com seu jato próprio – o que ocorre com certa regularidade, principalmente durante o anual Festival de Salzburg – é só entrar em contato com a equipe do Hangar 7, que providencia todo o trâmite com a torre de controle do aeroporto, o local de estacionamento em área própria deles, além de eventuais reabastecimentos e manutenções.
O lugar é uma surpresa. E um show.
Jaime Scatena
Fotógrafo e engenheiro
Especial para o Blog PANROTAS Em Viagem
PS Como há restrição para fotógrafos, as fotos aqui usadas são do site do Hangar 7



About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.967 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: