Posts tagged ‘Facebook’

20/04/2012

Laura_Li.GIF



Laura_Li.GIF

Interferindo sobre auto-retrato da ilustradora Laura Teixeira.

Anúncios
09/04/2012

#IncapacidadeVerbal.facebook (8 minutes ago)


#IncapacidadeVerbal

25/11/2011

Idéias fixas e poéticas


Idéias fixas e poéticas

Tags: ,
09/09/2011

Um perfil de Duchamp no Facebook é vendido como arte


O alcance da artemídia (a tradução de Media Arts, como definido pelo professor Arlindo Machado) é ainda imprevisível, já que se trata da inteferência de artistas nos circuitos da media já estabelecida e, no caso da Internet, a Arte de nosso tempo.

Artemidia, em português, é o termo a ser usado quando um trabalho de arte usa a tecnologia em meios de comunicação em massa.

Prof. Arlindo Machado, 2011

Nu descendo a Escada, Duchamp

Nu descendo a Escada, Duchamp 1912

O certo é que os artistas, como “antenas da humanidade”, sempre se apropriaram e subverteram os parâmetros, quebraram paradigmas, usando os mais avançados dos instrumentos disponíveis. O cravo de Bach, os estudos fotográficos de Degas para uso em sua escultura e a cronofotografia no Nu na Escada de Duchamp; o artista deve estar em sintonia com o seu tempo.

O artista é um inconformado em sua busca pela subversão dos convencionalismos impostos pelos meios de produção de massa. A arte deve ser usada como a metalinguagem da mídia.
Duchamp é um caso à parte, ao chegar ao extremo de tratar seus ready-mades – objetos industrializados, seriados, repetidos – como singulares e sublimes objetos de arte. Quando o publico e o mercado aceitaram esta visão, estavam abertas as porteiras da arte para tudo o que vem depois. Essa culpa é dele, e só dele!

A idéia de tratar um perfil do Duchamp no Facebook como o uso ready-made na criação do efêmero é genial, afinal de contas, a artemidia é exatamente isso: a tradução da sensibilidade artística do homem do século XXI.

Cheneseau  faz é um ready-made do século XXI, ao utilizar como objeto pronto o elemento numérico (a página web) em sua obra. Certas obras de Duchamp desapareceram por acidente ou pelo desejo do artista, e delas restam apenas fotos e/ou cópias, o que faz com que estas obras sejam hoje tão virtuais quanto uma página do facebook. Ou, como diz o artigo do jornal francês La Libération sobre o assunto, “Ceci n’est pas une page Facebook“

via Um perfil de Duchamp no Facebook é vendido como arte. E aí? « But, Charlie.

Multigraphias: artemidia a serviço do diálogo artístico.

Scatenati!

Na frente da cortina...

03/08/2011

Blog @midia8: O que é o Google+ e por que preciso dele?


Esta frase do blog @midia8 diz tudo sobre o Google+:

Você não precisa escolher se usará ou não o Google+, pois ele já o escolheu.

O Google+ é, na verdade, um agregador de todos os serviços da gigante da Internet – é só uma questão de tempo para que tudo que tenha o carimbo Google seja incluído nesta que tem sido chamada a nova rede social, capaz de derrotar o enorme Facebook.

O videozinho é ótimo (só em inglês):

via Blog @midia8: O que é o Google+ e por que preciso dele?.

24/12/2010

2010 em Fotos do Facebook


Depois de descrever o ano em posts do Facebook, agora o fiz em fotos da mesma rede.

O mais legal foi procurar fotos nas quais apareciam pessoas importantes para mim neste ano…

Aqui estão as minhas selecionadas:

JKS-2010-FB Pictures

Tags: , ,
16/12/2010

2010 em posts do Facebook


Tem um monte de aplicações pipocando neste final de ano no Facebook. Não sou muito fã delas, mas gostei desta aqui, que agrupa seus status do ano em uma folha só.

Foi bem legal revê-los para selecionar quais queria (re)publicar, quais realmente representavam meus momentos durante 2010, como registrar tantas coisas pelas quais passei.

Esta lista tá bastante representativa!!

JKS2010-FB

2010 através do Facebook, por JKScatena

%d blogueiros gostam disto: