Posts tagged ‘London’

21/06/2012

Born in 1987: The Animated GIF


Londres possui mais de 240 museus, mas apenas um realmente dedicado à Fotografia, o Photographers’ Gallery, que fica no Soho, perto da Oxford St.

Em seu novo programa digital, Born in 1987: The Animated GIF, uma exposição dedicada a este muito desprezado formato de imagem, 40 imagens GIF produzidas por artistas de diversas origens serão apresentadas em um website e em uma parede digital de 2,7 x 3 m, o “The Wall” , no térreo da galeria.

Round and Round on a Humpy Day

Round and Round on a Hump Day

20/01/2012

A Bigger Hockney.GIF


A Bigger Hockney.GIF

A Bigger Hockney.GIF | Atibaia/Londres | Jaime Scatena

via A Bigger Hockney « Multigraphias.

09/11/2011

Remembrance Day


Estava em Londres no ano passado bem nesta época, quando muitos britânicos começam a circular com pequenas flores vermelhas – as poppies – na lapela.

London: Black Cab & Poppy, Red

London: Black Cab & Poppy, Red

É uma referência, uma homenagem, ao Remembrance Day – o 11º dia do 11º mês do ano – quando eles relembram os mortos nas guerras.

London: Poppies at Westminster, Red

London: Poppies at Westminster, Red

No ©JKScatena Photography tem algumas fotos em homenagem a este dia, a Remembrance Series.

Remembrance Day (also known as Poppy Day, Armistice Day or Veterans Day) is a memorial day observed in Commonwealth countries to remember the members of their armed forces who have died in the line of duty since World War I.

Remembrance Day is observed on 11 November to recall the official end of World War I on that date in 1918; hostilities formally ended “at the 11th hour of the 11th day of the 11th month” of 1918.

via Remembrance Day – Wikipedia, the free encyclopedia.

07/11/2011

Tema da Semana: Misty, no Cool Photo Blogs


Essa é minha “Misty” picture, que mandei para o concursinho semanal de fotos do Cool Photo Blogs.

London: Foggy Day

London: Foggy Day

via London: Foggy Day | ©JKS Photography.

07/11/2011

Tem foto minha no Capture Tower Hamlets, em Londres


Uma das fotos que eu enviei para o concurso londrino “Capture Tower Hamlets” foi selecionada e fará parte da exposição e do acervo histórico deste “bairro” de Londres. Talvez eu até ganhe algum dos prêmios, na cerimônia de abertura da exposição, dia 10/11.

Fiz esta foto há alguns anos, na primeira vez em que visite Canary Wharf, um grande empreendimento residencial e comercial, na zona leste de Londres. Fiquei impressionado com estes vários relógios… E, pra falar a verdade, só agora, ao escrever este post é que reparei que os números neles não são iguais.

Capture Tower Hamlets

Tuesday 8 November to Thursday 5 January
Tower Hamlets Local History Library & Archives,
277 Bancroft Road,
London E1 4DQ.

Opening hours:
Tuesday 10am-5pm
Wednesday 9am-5pm
Thursday 9am-8pm
Fortnightly Saturdays – check website for details.

Canary Wharf: Clocks, Clocks, Clocks

Canary Wharf: Clocks, Clocks, Clocks

via Capture Tower Hamlets.

30/09/2011

John Blakemore e suas fotos de flores


Achei este fotógrafo inglês, John Blakemore, através de um post do blog da Creative Review sobre um livro de fotografias e descobri que ele está expondo em Londres até dia 14/10, na Hoopers Gallery.

Suas fotos são de flores, mas gostei mesmo da abordagem que ele faz a respeito das montagens a serem fotografadas – as natureza mortas – e como a decisão por usar este processo criativo influenciou em seu conhecimento da própria fotografia.

The activity of picture making also made it necessary to extend my use of the photographic process as I imagined different photographs, different print tonalities, and had to discover the means to realise them.

Someone asked me recently how i knew when a piece of work was finished. I know it when the making of a photograph is no longer necessary, the moment of recognition, the acknowledgement of subject occurs, but to look is sufficient.

via Hoopers Gallery – John Blakemore.

10/07/2011

London: Royal Festival Hall, fountain | ©JKS Photography


London: Royal Festival Hall, fountain | ©JKS Photography.

This is the picture I’ve submitted to this week Photo Challenge at Photoblogs.com. This week’s theme is “Get Wet!”

How do you like it?

22/11/2010

Hyde Park Winter Wonderland


Uma deliciosa feira de natal, com um parque de diversões no meio do Hyde Park londrino.

London: Hyde Park Winter Wonderland

Roda Gigante

O Winter Woderland voltou neste ano prometendo ser ainda mais interessante que a edição de 2009. O melhor de tudo é que a entrada é gratuíta!

London: Hyde Park Winter Wonderland

Elevador

Logo na entrada você encontrará o mercado de natal – Angel’s Christmas Market, com mais de 100 chalés de madeira vendendo artesanato, enfeites de natal, vidros, jóias, cachecóis e gorros (está fazendo bastante frio aqui e a previsão é de vermos os primeiros flocos de neve nas próximas semanas).

Também tem várias barracas de comida, a maioria com delícias alemãs, mas também de outros países, como Hungria (comi um Goulash delicioso!).

Atrações tradicionais dos velhos parques de diversões também estão presentes, como tobogãs, casa de espelhos, montanha russa, carrossel, uma bela roda gigante e um elevador daqueles que despencam que oferece uma lindíssima vista de Londres. Para estas atrações é necessário comprar os tickets nas bilheterias, a maioria deles custando entre £2 e £8.

Você ainda pode encontrar aqui um circo, um rinque de patinação e um bar “super cool”, montado num enorme cubo inflável, com sushi, ostras e champagne. Para patinar ou assistir ao show do circo, compre os ingressos diretamente nestas atrações.

Serviço:

– Winter Wonderland, no Hyde Park

– De 20 de novembro a 4 de janeiro, das 10hoo às 22h00 (fechado no dia 25/12)

– Estação mais próxima: Hyde Park Corner, da linha Piccadilly

– Entrada: gratuíta. Atrações: de £2 a £8; patinação no gelo: £10 para adultos e £8, antes das 18h30 até 17/12.

– Mais informações em: www.hydeparkwinterwonderland.com

London: Hyde Park Winter Wonderland

Vista do elevador

19/05/2010

Somerset House & Courtauld Gallery


Este palácio, às margens do Tâmisa, no Victoria Embankment, que já foi casa de aristocratas, palácio real, usado pela marinha é hoje um dos mais interessantes centros culturais de Londres.

Somerset House

Somerset House

Seu pátio interno com a enorme fonte de Edward Safra, e que se transforma durante o inverno em um rinque de patinação no gelo, é um ótimo ponto para uma pausa numa tarde de verão.

Somerset House, Strand

Somerset House, Strand

O prédio mais perto do rio – originalmente às margens do Tâmisa – pode ser acessado pelo Embakment, através de um arco que era originalmente usado como entrada de barcos para o prédio. Seu terraço, repleto de mesas e cadeiras, oferece vistas diferentes do rio e dos principais pontos turísticos, como a London Eye e as Houses of Parliament.

Somerset House, Fountain

Somerset House, Fountain

A entrada é gratuita nas galerias deste prédio e visitas guiadas pelo seu interior também gratuitas são oferecidas às quintas-feiras e sábados, em dois horários – 13h15 e 15h15.

No prédio ao norte, com entrada pelo Strand, fica a Courtauld Gallery, com uma coleção de arte bastante diversa, que inclui peças de Botticelli, Cezanne, G. Braque, Kandisnsky, Gauguin, Van Gogh, P. P. Rubens, Degas, Monet, Renoir, C. Pissarro, pratarias inglesas do século XVIII e cassones fiorentinos do século XIV. Uma sala é dedicada à arte sacra, anterior a 1600 e vale a pena  ver as peças de marfim do século XIV, com entalhes e detalhes extremamente delicados.

Coleção de peças de marfim

Coleção de peças de marfim

Talvez a principal obra desta galeria seja “A bar at the Folies-Bergere”, pintada por Manet em 1881-82, que retrata uma garçonete no balcão de um bar, com o ambiente sendo refletido em um enorme espelho às suas costas. Todos os dias há uma pequena palestra sobre uma das obras do museu às 13h15 e no dia da minha visita uma estudante do Courtauld Art Institute falou exatamente sobre este quadro, ressaltando a enorme quantidade de diferentes interpretações que se pode extrair desta bela obra de arte. Estas palestras são gratuitas e a entrada na Galeria também é gratuita todas as segundas-feiras, das 10h00 às 14h00, exceto feriados.

Cristo, por Michelangelo

Cristo, por Michelangelo

Também no dia que visitei pude conhecer a incrível exposição de desenhos de Michelangelo, que apresentava rascunhos, estudos, cartas e poemas deste incrível artista renascentista. A exposição intitulada “O Sonho, de Michelangelo” girava em torno de um desenho específico – e magnífico, diga-se de passagem – que retrata um homem cercado pelos pecados mundanos, sendo acordado e resgatado por um anjo. Poder ver os traços originais de Michelangelo, em carvão sobre papel, com sombras e “sfumatto”; é simplesmente incrível. A exposição terminou no dia 16 de maio.

Caligrafia original de Michelangelo

Caligrafia original de Michelangelo

12/05/2010

Columbia Rd Flower Market


Os mercados de Londres são fantásticos em sua quantidade e variedade. Este, somente de flores, é interessantíssimo por sua identidade.

Columbia Rd

Columbia Rd

Somente aos domingos pela manhã – das 8AM às 1PM – a Columbia Rd, perto de Hackney/Shoreditch – é ocupada por diversas bancas de floristas que fazem de tudo para chamar a atenção do público.

Columbia Rd Market

Columbia Rd Market

E aí é que está a verdadeira identidade deste belo mercado.

Young flower seller

Young flower seller

Ao chegar desligue seu iPod e preste a atenção nos versos e gritos dos vendedores. Um anuncia “Bouquets for a ‘fiver’, only a fiver”, com um forte sotaque inglês, acrescentando “it’s so cheap you can buy to someone you don’t like” (traduzindo: “Um buque por cinco, só cinco; é tão barato que você pode comprar para alguém que você não gosta”).

We sell quality, everyone else sells crap!

We sell quality, everyone else sells crap!

Outro grita, a plenos pulmões “we sell quality, everyone else sells crap!” (“nós vendemos qualidade, todos os outros vendem porcaria!”). Em outra banca o florista escolhe algum item da prateleira, faz a propaganda, explica as características da planta/flor e decide o preço – claro, começando em um valor e chegando na metade. Se você quer comprar, indica que aceita o preço e paga a um dos ajudantes. Sem essa de você escolher e perguntar o preço.

A bouquet for a fiver!

A bouquet for a fiver!

Você compra o que ele quer vender na hora que ele quer… se quiser algo diferente, espere na frente da banca até que ele ofereça o que você quer.

Lojas na rua ficam abertas vendendo itens de jardinagem e decoração. Cafés oferecem petiscos e, contornando uma das ruas, bancas de comida também estão disponíveis.

Flower auction

Flower auction

Um parque ali perto é o local ideal para fazer seu pique-nique aproveitando o gostoso sol da manhã de domingo.

20 tulips for a tener!

20 tulips for a tener!

Ahh! É bom lembrar que não se pode fazer viagens internacionais com plantas e flores, então para os turistas é mais um passeio, enquanto para aqueles morando na cidade, é o melhor lugar para abastecer sua casa.

Para chegar lá, pegue o Tube até a estação de Liverpool St e depois o ônibus 48 no Bishopsgate e desça na parada de Hackney Rd.

Sunflower

Sunflower

%d blogueiros gostam disto: