Um final de semana em Dublin

Dublin, a capital da República da Irlanda é o principal destino turístico do país e uma pequena e agradável cidade para uma escapada de um final de semana, coisa que muitos europeus fazem.

Grattan and Ha'Penny Bridges

Grattan, Millenium and Ha'Penny Bridges

Cortada ao meio pelo rio Liffey, a cidade é compacta, o que possibilita belos passeios “pelo campo” a poucos minutos do centro.

Dublin's Castle

Dublin's Castle

As principais atrações de Dublin ficam na parte sul da cidade, onde se pode visitar o histórico Castelo de Dublin, o Trinity College, o belo parque St. Stephen’s Green e o bairro de Temple Bar, onde estão os pubs e clubes da cidade. A rua Grafton St. é um passeio legal também, e prático, pois liga Temple Bar ao parque St. Stephen’s Green.

Beweley's Cafe, Dublin

Beweley's Cafe, Dublin

Aqui fica um dos cafés mais tradicionais e charmosos da cidade, o Bewley’s (78-79 Gradton St), uma excelente sugestão para o café da manhã.

O país tem um turbulento passado religioso – razão da complicada e por muito tempo violenta divisão da ilha entre o norte protestante e ainda sob domínio britânico e o sul, católico, que forma a República da Irlanda – ainda assim outras atrações incluem a Catedral de St. Patrick, o padroeiro nacional cuja data, 17 de março, é comemorada com muita cerveja em todo o mundo; e a Catedral Cristã (ambas, pela descrição do meu guia de viagem, hoje protestantes).

St. Stephen's Green

St. Stephen's Green

Passear pelas margens do Liffey, admirando as belas pontes – principalmente a de pedestres Ha’penny – que cruzam o rio é uma bela pedida. Para os admiradores de arquitetura, a dica é conhecer os prédios de Four Courts e a Custom House.

Food Market, Meeting House Sq.

Food Market, Meeting House Sq.

Ao passear  pelo bairro de Temple Bar, não deixe de visitar o pequeno mercado de comidas que acontece todos os sábados na praça Meeting House Square. Nesta mesma praça fica a Gallery of Photography, de entrada gratuita. Na Cow’s Lane, também ao sábado, acontece um mercado de roupas e acessórios de designers locais. Bem perto fica o gostoso café/doceria “Queen of Tartes” (4 Cork Hill), que é um bom local para uma parada estratégica.

Cow's Lane Design Market

Cow's Lane Design Market

Para os apreciadores da famosa (e bem forte) cerveja escura Guinness, Dublin é o paraíso, já que é aqui que ela é fabricada e é possível visitar a cervejaria – a maior da Europa, que fica a poucos minutos do centro da cidade. Ao final do passeio, no alto do prédio, pode-se tomar Guinness de graça! Mas também se pode apreciá-la em qualquer pub da cidade. Recomendo o Front Lounge (33 Parliament Street) e, ao mesmo tempo, o Back Lounge (Exchange St Upper) – na verdade é um bar só, com entrada pelas duas ruas. Perfeito para pints no final da tarde e antes de uma das baladas.

Purty Kitchen

Purty Kitchen

Para a noite, não deixe de conhecer o Purty Kitchen (34/35 East Essex Street), uma balada com 4 pisos (não espere nada gigante, mas pelo menos é bem variado), com um bar no térreo e uma pista de dança no terceiro.

The Clarence Hotel

The Clarence Hotel

E, como já aprendi que o melhor hotel é mesmo o mais bem localizado, sugiro o The Clarence (6 Wellington Quay), que é um bom hotel com uma excelente localização, bem no meio de Temple Bar. Assim você pode beber Guinnes à vontade e ainda assim consegue voltar andando para o hotel. Fora que os donos são Bono e The Edge, da banda irlandesa U2.

Windmill Lane - U2's old studio

Windmill Lane - U2's old studio

Atualmente não há nenhuma atração temática relacionada à banda mais famosa da Irlanda, mas o local dos antigos estúdios do U2 é quase que um ponto de peregrinação. Para se ter uma idéia, a Windmill Lane é o único local da cidade onde o grafite é autorizado e há tanta pintura sobre pintura que as paredes desta pequena rua tem uma grossa camada de tinta, tantos são os visitantes que querem deixar sua marca por aqui.

Grafton St.

Grafton St.

Outra pedida legal para uma parada para um café é o Lemon Jelly (Millenium Walkway), do lado norte da cidade. O ambiente é muito agradável e o serviço excelente. Não confunda com o Lemon Jelly (sim, mesmo nome!) do lado Norte – 11 Essex Street East, menor mas também charmoso. Tá, vale a pena visitar ambos!

St. Stephen's Green

St. Stephen's Green

E, há menos de 30 minutos de carro do centro pode-se ter uma verdadeira experiência campestre visitando o Powerscourt Estate, a casa de campo de uma poderosa família local que foi transformada em um luxuoso centro de compras com restaurante e magníficos jardins, a poucos minutos da pequena e charmosa vila de Enniskerry.

Powerscourt Estate

Powerscourt Estate

Dublin pode não estar no roteiro da maior parte dos turistas que visitam a Europa, mas, certamente é uma visita muito interessante e agradável para um final de semana. Caso tenha interesse em estender a visita, a Irlanda oferece também outros cenários e cidades a pouca distância de Dublin.

Liffey River

Liffey River

Dublin's Airport

Dublin's Airport

Anúncios

One Trackback to “Um final de semana em Dublin”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: