Alentejo: mar, montanha, gastronomia e patrimonio cultural

A maior das regiões de Portugal, ocupando cerca de um terço da área total do país, o Alentejo tem se tornado cada vez mais destino de milhares de visitantes brasileiros.

Segundo António Lacerda, gerente executivo do Turismo de Alentejo, o volume de visitantes brasileiros aumentou 35% em 2010 e foi o 2º maior mercado no primeiro trimestre deste ano. “Foi um volume atípico no início deste ano, mas temos certeza que o crescimento de 2011 será ainda maior que o do ano passado”, diz Lacerda, que esteve no Brasil nesta semana divulgando o destino em workshops realizados no Rio de Janeiro, Curitiba e em São Paulo. “O visitante brasileiro vai atrás de experiências únicas, se hospedando nos melhores hotéis da região e se fartando na deliciosa gastronomia regional; é um passageiro de maior poder aquisitivo que chega a gastar o dobro do que gastam os passageiros europeus”, completa.

Paulo Machado e António Lacerda, no Workshop do Turismo de Alentejo em São Paulo

Paulo Machado e António Lacerda, no Workshop do Turismo de Alentejo em São Paulo

Paulo Machado, do Turismo de Portugal no Brasil, comentou no evento em São Paulo, que, em alguns meses de 2010, Portugal recebeu mais visitantes brasileiros que Paris. Paulo diz que o governo português reconhece a importância e procura não dificultar a entrada dos visitantes brasileiros – sem facilitar, é claro, por ter que seguir os padrões europeus na hora da imigração. “Começamos trabalhar o destino Alentejo no Brasil há apenas 2 anos e os resultados são muito promissores”, comenta Machado.

Os principais atrativos da região são o patrimonio histórico – com resquícios de ocupação pelos homens pré-históricos, da presença romana e árabe -, a gastronomia, paisagens naturais e até mesmo o turismo de aventura, rural e de negócios.

Évora: Tempo de Diana

Évora: Tempo de Diana

Mas António Lacerda recomenda ainda que o passageiro aproveite para visitar também a Espanha, criando roteiros que cruzem o Alentejo – que, mesmo grande para os padrões europeus, pode ser facilmente visitado de carro -, chegando às cidades espanholas de Servilha, Córdoba ou Granada.

Estive em Évora na minha passagem por Portugal em 2007 e recomendo a visita. O templo de Diana e a Capela dos Ossos são passeios obrigatórios!

Évora: Capela dos Ossos

"Nós ossos que aqui estamos pelos vossos esperamos", Capela dos Ossos de Évora

Sites interessantes:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: