Que vá 2011… Fé para 2012.

Tô de mau humor. Meu ano de 2011 foi bagunçado… mais confuso do que difícil.

Muita ansiedade junta, o que quase impediu a fruição. Afinal de contas, não me faltou nada neste ano: casa, comida, saúde (turbulências neste departamento!), família e amigos. Nem dinheiro faltou. Faltou paz e serenidade para aproveitar tudo isso. Essa montanha de ansiedade é que atrapalhou (e ainda atrapalha). – pausa para o anti-ansiolítico – .

Não há nada bom ou ruim, mas pensar torna-o assim.

William Shakespeare

Metas para 2011

Sonhos para 2011

Por outro lado, não vou negar que a carga de frustrações foi muito grande… No final do ano de 2010 eu tracei metas pessoais para 2011. Só 5, nem era uma lista extensa. Não atingi nenhuma delas… Nem uma. Zero. O pior é que elas eram ligadas a sonhos pessoais e também à vida a 2, com um cara que eu conheci no ano passado e que arrebatou meu coração.

Tudo bem que parte destas metas não eram tão plausíveis assim, mas isso também mostra um pouco a falta de planejamento que me arrebatou nestes últimos 2 anos.

Hoje vejo (acho que eu, no Futuro, também direi muito “Hoje vejo” sobre os erros do passado) que, se tivesse planejado melhor meus passos, poderia estar em uma situação pra lá de confortável hoje em dia. Mas não adianta chorar sobre o leite derramado, adianta? (peraí, que vou buscar meu anti-ansiolítico, pois a ansiedade atrapalha o pensamento…)

Chega o momento de traçar as metas para 2012… talvez mais pé no chão, até porque não quero passar o ano que vem inteiro ansioso por não cumprir as metas que tracei.

Agora há pouco estava vendo os desejos de Feliz Ano Novo de meus amigos no Facebook, o que me inspirou a escrever este texto… O problema é exatamente esse: estou de mau humor! Estou frustrado e ansioso… Em alguns momentos penso que 2011 foi um ano perdido. Só que é mais fácil, principalmente em um momento de melancolia com este que estou passando (há quase 6 meses!), do que reconhecer as vitórias.

Neste ano fiz uma exposição fotográfica aqui em Atibaia: Vitória. Não consegui transformar isso em $$ de verdade (meta 5 do ano)… derrota.

Estudei História da Arte em São Paulo, aprendi muito e abriu meus horizontes artísticos. Conheci pessoas, fiz contatos: Vitória. Mas não explorei o networking adequadamente… continuo “desempregado” (meta 3 do ano): derrota.

Entrei no Multigraphias, um coletivo artístico que, sem dúvida alguma foi uma das melhores coisas que me aconteceram neste ano. Fazer parte deste grupo me mantém, de certa maneira, ativo e constantemente desafiado a criar coisas novas: Vitória. Através do Multi conheci pessoas fantásticas, artistas de primeira: Vitória. Através das obras do Multi comecei a explorar os limites da minha arte, fazendo colagens, intervenções, animações GIF e até vídeos: Vitória. E não parei de fotografar: Vitória. Só que não tem nada a ver com as metas de 2011… o que não chega a ser derrota alguma.

Junto com outros artistas do Multigraphias estou com uma exposição no Metrô de São Paulo: Vitória.

Consegui, através de contatos, fazer parte da 3ª Mostra SP de Fotografia, que acontece em janeiro de 2012: Vitória… mas com resultados (espero que muito positivos) somente para 2012… Ansiedade.

Viajei. Não posso reclamar! Fui pra Nova York e para Chicago, de onde voltei noivo… (trabalhando na meta 4). Visitei minha grande amiga Julie na Windy City. Fui pra Itália, voltei a Roma, conheci Nápoles e Capri com um amigo que reencontrei durante o ano. Mas nada de passaporte italiano, que está mais bagunçado que nunca… (dei 20 passos pra trás na meta 1 do ano, que era essencial para a meta 2): derrota. Voltei a Londres, onde passei 2 semanas deliciosas com” My Man”: Vitória… só que só fui pra lá pra terminar o noivado: Derrota.

Conheci pessoas novas, fiz novos amigos… mas o coração ainda está fechado para balanço. (Acredita que ainda não peguei o meu anti-ansiolítico? Talvez por isso esteja com lágrimas quase caindo e com o coração apertado. Aliás, isso tem sido uma constante: lágrimas e aperto… Dói pacas!). Só pra dar a noção exata do que tá rolando, tomei duas pílulas e dormi a tarde de 31/12 inteira… só ruminando 2011.

Estou num momento tão difícil internamente que até lidar com sentimentos de frustração, arrependimento e mesmo esperança está complicado. Espero que 2012 seja melhor, porque 2011 foi fo@a! #ProntoFalei!

Mas há que haver fé…. E vamos nessa!

Anúncios
Tags: ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: