Jean-Michel Basquiat @ Gagosian

Ontem fiz o circuito de galerias de Chelsea, na W 24 St., uma bela dica de uma nova amiga aqui de Nova York, e uma das melhores exposições foi a do artista americano Jean-Michel Basquiat (1960-1987) na Gagosian Gallery.

Basquiat by Lizzie Himmel, 1985

Jean-Michel Basquiat (Lizzie Himmel, 1985)

Basquiat nasceu no Brooklyn, em NY, e saiu de casa aos 15 anos pra ganhar as ruas, primeiramente como um artista de rua anônimo, assinando suas ‘pixações’ como SAMO.

SAMO Graffiti (film stills, 1980-81)

SAMO Graffiti (film stills, 1980-81)

Aos 21 anos sua arte atingiu certa maturidade quando ele resolveu “matar seu alter-ego” e passou a pintar e assinar com seu próprio nome. Neste mesmo ano de 1981 ele vendeu sua primeira tela e em 1982 seus trabalhos já eram cobiçados junto com o grupo de Neo-Expressionistas que eclodia na cidade. Em 1985, aos 25 anos, foi a capa da New York Times Magazine em um artigo sobre o novo e exuberante mercado internacional de arte.

Uso palavras como se fossem pinceladas.
J-M Basquiat

Filho de um contador haitiano, Basquiat começou desenhando em folhas que seu pai trazia do escritório. Ele nunca teve instrução formal em arte, mas ao morrer de overdose aos 27 anos já tinha produzido mais de 1000 obras. Ele era um pintor compulsivo, trabalhando ao som frenético do bebop de Charlie Parker, sob o efeito de doses cavalares de drogas como maconha, cocaína, LSD e heroína.

Discography Two (1983), Basquiat

Discography Two (1983)

Após deixar a casa onde morava com os pais (que haviam se separado quando Basquiat tinha 7 anos) ele passou a viver nas ruas, se sustentando com a venda de camisetas e postais pintados à mão; sua primeira mostra, basicamente feita de pinturas sobre objetos encontrados, como troncos e espumas de borracha, causou tanto furor que tudo foi vendido. Aliás, ele vendia “mais do que podia produzir”, com preços variando entre $5.000 e $10.000 dólares.

It’s about 80% anger.
J-M Basquiat

A iconografia de Basquiat reflete suas inspirações e preocupações mais precoces, variando entre temas como poesia clássica, anatomia humana (sua mãe lhe deu uma cópia do livro Gray’s Anatomy quando ele foi atropelado e submetido a uma operação para remoção do baço), esportes, música, política e economia. Admirava a arte de Picasso, de Kooning e Rauschenberg. Em poucos anos seus trabalhos passaram a ser vendidos nas mais prestigiadas galerias do mundo a preços que atingiam $50.000 dólares; em poucas décadas estes valores passaram à casa dos milhões de dólares.

Basquiat foi amigo de vários artistas da sua época, como Keith Haring e Kenny Scharf, mas foi com Andy Warhol que ele fez uma das parcerias mais duradouras, chegando a produzir uma série de trabalhos conjuntos entre 1983 e 1985. Não só trabalhavam juntos, mas também iam a inúmeras festas. Andy não usava drogas, enquanto Basquiat geralmente se excedia no uso delas.

Warhol & Basquiat: Olympic Rings (1985)

Warhol & Basquiat: Olympic Rings (1985)

Basquiat morreu de overdose de heroína em seu estúdio na Great Jones Street, em Nova York, no dia 12 de Agosto de 1988, pouco mais de um ano após a morte de Warhol. Ele está enterrado no cemitério Green-Wood, no Brooklyn, NY.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Slideshow (imagens do site basquiat.com)

Para saber mais (links em inglês):
Basquiat.com (site oficial)
– Hyped to Death (biografia não autorizada de Phoebe Hoban)
Jean-Michel Basquiat, perfil no site do New York Times.
Press Release da mostra da Gagosian Gallery, 2013 (PDF)
– The Rise and Fall of Jean-Michel Basquiat (artigo de David Galenson, da Universidade de Chicago)

Believe it or not i can actually draw.
J-M Basquiat

Anúncios

One Trackback to “Jean-Michel Basquiat @ Gagosian”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: