Posts tagged ‘Museu’

17/09/2011

Retrospectiva de Willem de Kooning abre no MoMA de Nova York


Essa vai para os ratos de museu, como eu, que não deixo de frequentar nenhum daqueles mais importantes do mundo sempre que posso.

Estar em lugares como estes é sempre uma experiência única, mais ou menos aprazível, mas sempre diferente. Mesmo quando você volta a algum museu, hábito que também pratico com frequencia.

Woman I, after de Kooning, 2011

Woman I, after de Kooning, 2011

Enfim, tudo isso pra dar a dica que o Museum of Modern Art (MoMA) de Nova York vai abrir pra estes dias uma grande retrospectiva – são mais de 200 obras – do artista holandês Willem de Kooning.

O legal de retrospectivas é que você pode ser inundado pela obra de certo artista de uma maneira que a experiência se torna inesquecível.

Seven Eras of Willem de Kooning – Interactive Feature – NYTimes.com.

“The Cat's Meow” (1987), “Untitled VI” (1986) and “Conversation” (1987). W. De Kooning

“The Cat’s Meow” (1987), “Untitled VI” (1986) and “Conversation” (1987). W. De Kooning

Anúncios
16/09/2011

Passeando no Metropolitan de NY com E. Hemingway


Esta dica é preciosíssima pela qualidade de relacionar literatura e arte diretamente ao apresentar os quadros que o autor americano Ernest Heming contemplou em 1950.

Em um belo slideshow do jornal americano New York Times você pode ver obras que hoje ainda estão em exposição no museu, mas também outras que nem mais pertencem ao acervo.

Querido pai, E. Hemingway

Só | Alone | Solo - Atibaia/2011

The paintings Hemingway lingered over included Titian’s “Portrait of a Man,” Francesco Francia’s “Portrait of Federigo Gonzaga,” van Dyck’s “Portrait of the Artist,” Rubens’s “Triumph of Christ Over Sin and Death,” El Greco’s “View of Toledo,” Reynolds’s portrait of George Coussmaker, Cabanel’s portrait of Catharine Lorillard Wolfe, Cézanne’s “Rocks — Forest of Fontainebleau,” Manet’s portrait of Mlle. Valtesse de la Bigne (left), and Carpaccio’s “Meditation on the Passion.”

Hemingway the Museumgoer – Slide Show – NYTimes.com.

21/01/2010

Vejo vacas por todos os lados


Elas estarão por todos os lados dentro de alguns dias. Nas ruas e avenidas, nos shoppings e rodoviárias, em praças e museus da cidade e até em estações de metrô. As simpáticas vacas da Cow Parade 2010 se reuniram ontem (20/jan/2010) no MuBE no evento de abertura da segunda edição deste desfile de arte que volta a São Paulo após quatro anos.

CowParade SP2010 - 16

Vacas! Vacas! Vacas!

A CowParade surgiu como uma manifestação humorística em 1998, criação de um artista suíço e desde então já rodou mais de 50 cidades ao redor do planeta, inclusive no Brasil, que recebeu esta grande exposição de arte ao ar livre em São Paulo (2005, a primeira cidade da América do Sul), Curitiba e Belo Horizonte (2006) e Rio de Janeiro (2007).

É uma exposição muito democrática pois as peças de arte – cerca de 90 vacas de fibra de vidro customizadas por artistas brasileiros – são espalhadas pela cidade, muitas vezes ao ar livre, em pontos de grande circulação de pessoas, onde paulistanos e visitantes de todas as idades poderão apreciar, se divertir e até interagir com elas. Neste ano temas como sustentabilidade, vida urbana e figuras pop inspiraram os artistas que nomearam suas obras com nomes divertidos como Cowgestionamento (que aborda o calvário do transporte paulistano), Vaca da Garoa (em homenagem à São Paulo de antigamente), Cowleta Seletiva, MiCow Jackson e a Vaca Interativa (que mostra, em tempo real, mensagens enviadas por SMS ou através do Twitter – colocando a hashtag #vacatorpedo em seu tweet).

A exposição é parte das comemorações do aniversário de 456 anos de São Paulo e o projeto também tem seu lado solidário, já que, ao final as vacas serão leiloadas com os recursos sendo revertido para as entidades beneficentes Gol de Letra e a ONG Florecer.

Mais informações e o mapa com a localização de todas as vacas em www.cowparade.com.br/sp

05/06/2009

Passeio na Pinacoteca – Sombras


Tags: ,
%d blogueiros gostam disto: